Carnaval pra gays que gostam só de heterossexuais é uma merda! – Ilha de Java

Carnaval pra gays que gostam só de heterossexuais é uma merda!

Bom eu particularmente aboli todo tipo de comemoração da minha vida, primeiro porque eu não tenho muito o que comemorar, segundo geralmente essas festas são na verdade uma forma do adulto se soltar para praticar o sexo.
A brincadeira do adulto é comprar coisas caras e fazer sexo, as festas são os meios onde as pessoas mostram as coisas caras e procuram o sexo.

O carnal, ou melhor, carnaval, pra mim, igualmente a qualquer porca data, é mais uma forma de me lembrar que eu sou um merda alienígena diferente da grande elite sexual que governa esse planeta.
No carnaval mulher ganha beijo de quem não conhece, isso quando não transa com rapazes bonitos por aí no meio da rua. Os rapazes heterossexuais ficam todos sorridentes jogando piadinhas para as mulheres, claro, realmente existe motivo para eles serem felizes e rirem muito, o mundo “foi montado” para eles.  É um tal de menino de 15 anos dar beijo em boca de mulher de 45 , ninguém nem diz que é pedofilia. Tem as mulheres, essas deixam o marido em outro local e vão transar nos clubes com homens entusiasmados que nem conhecem, isso quando não aceitam se relacionarem com três ao mesmo tempo e enchendo a cara de bebida.

Pros viados só sobram as fantasias, afinal viado nesse mundo só nasceu pra ser palhaço e divertir os outros, enquanto o hétero mistura bebida, música e orgia a céu aberto, o gay fica lá “segurando vela” da amiga que o faz de pet ou se veste uma fantasia estúpida para arrancar risos dos outros e com isso conseguir um pouco de piedade para não apanhar. Se o viado quiser fingir que a festa é pra ele também, ele pode até transar mas só irá encontrar aqueles homens com cara de peixe-gota, ou aquelas mulheres insistentes estupradoras de viados bêbados. Sim, é incrível, todo homem , marido e namorado de viado tem sempre cara de peixe-gota, o corpo pode até ser másculo, mas o entusiasmo que tem de sobra nos rostos dos homens heterossexuais, nos homens que comem viado é sempre o mesmo entusiasmo de um olhar de um peixe-gota , quando tem a exceção, são aqueles gays com olhar de mulher diva fatal tipo Madonna fazendo cara de sex, é por isso que eu nunca consegui gostar de um viado, eu sempre gostei de caras heterossexuais por que bem ou mal, eles tem uma coisa que viado ou gay nenhum tem, os gays podem até remedá-los forçando a barra, mas nunca eles conseguem ser naturalmente tipo o marido da cantora Anitta.

Agora imagine eu dando em cima de um cara que realmente eu goste no tal carnaval: primeiro que o meu corpo de homem foi “planejado” sobre medida para repelir outros homens, por mais vagabundo, depravado e devasso que o cara seja, ele nunca vai querer me comer. No melhor dos cenários, no máximo ele vai querer ser meu “amigo” e ser amigo de alguém que se deseja é algo tão humilhante e lastimável como ser vice campeão no futebol. Sem falar que amizade eu faço até com um animal do meio do mato, basta jogar comida pra ele e pronto, eu terei um animal selvagem como meu amigo.  Mas falando de verdade mesmo, se um viado como eu ousar a bater de frente com a sociedade e dar vasão aos meus instintos no carnaval, eu irei apanhar, levar socos e pontapés, ainda mais que eu tenho mania de gostar só de gente de gênio complicado.

Agora os meus familiares normais, podem sair por aí no tal carnaval, eles podem pegar quem eles quiserem, independente de idade, raça, cor, sistema solar e credo, para eles a vida dá um sorrisinho de aceitação para tudo. Tudo a eles é permitido e incentivado. Pra mim só me resta: sair com uma mulher, sair com um viado musculoso com corpo de homem e cara diva de filme americano ou peixe-gota, ou ficar me passando por vagabunda em chat do UOL e vendo a sessão hétero no xvideos.

Ou seja, ser homossexual e gostar de héteros é uma desgraça!

 


http://www.javanunes.com/discordia/carnaval-pra-gays-que-gostam-so-de-heterossexuais-e-uma-merda/