O Brasil esta sendo estuprado – Ilha de Java

O Brasil esta sendo estuprado

O Big Brother Brasil da passividade brasileira: todo chega no Brasil, pega um pouco, vai embora e fica assistindo como nós nos comportamos. O Brasil 2017 está virando um quintal onde as potencias estrangeiras chegam e pegam tudo aquilo que querem por um preço muito menor do que vale(prostitucracia) a pretexto da corrupção. Para o brasileiro é vendida uma ideia de que ser nacionalista é ser comunista e que ser comunista é estar de acordo com supostos crimes de políticos de esquerda, com essa ideia embutida na mente de todos, ninguém reage ao desmonte brasileiro com medo de ser taxado de comunista. Afinal as redes sociais e os movimentos de adolescentes de classe média pintam que o comunismo é o responsável por todos os males da sociedade.

Em nome de um PIB ridículos (pibinho) ter crescido 0,2% os grandes jornais vendem por aí a ilusão do Brasil estar melhorando assim como o drogado que vende tudo dentro de casa para conseguir droga acha que está cheio de dinheiro.  Vamos listar aqui alguns dos desmontes que o Brasil está sofrendo e que a imprensa que alguns partidos estão lhe vendendo como positiva:

Os Estados Unidos sempre quiseram roubar a Amazônia brasileira

01) A flexibilização da CLT e as leis trabalhistas
Hoje em dia o trabalhador nem mais quer pedir ajuda da justiça contra um mal empregador pois é capaz da justiça condenar com multas altíssimas o empregado. O empregado terá suas férias particionadas, o seu tempo de almoço diminuído e seu salário muito menor num trabalho com poucas horas, se o trabalho tem poucas horas fatalmente o empregado não conseguirá pagar a previdência, contraditoriamente o governo está desesperado querendo fazer projetos para “melhorar” a previdencia.

02) Entrega do Pré-sal
Pelo petróleo do Brasil as potencias estrangeiras estão fazendo qualquer coisa, entre elas, o convencimento de muitos políticos para aprovarem projetos que oferecem isenção de impostos no valor de um trilhão e permissão para usar tecnologia e trabalhadores estrangeiros para a exploração do petróleo , alem de quererem pegar o que é nosso, ainda querem usar pessoas de fora com máquinas construídas  lá fora para mandar o dinheiro para fora.

03) Sistemas de computadores do governo
Embora o governo queira passar uma ideia de investimento em corte de gastos, ele esta trocando tudo o  que é baseado em Linux (sistema operacional gratuito) por sistemas da Microsoft que é pago.

04) Permitir o exército americano na Amazonia
O atual governo de 2017 está permitindo e convidando o exército americano vir treinar na amazônia, isso é um perigo à soberania e tem previsão em lei como sendo algo ruim, mesmo assim não é feito absolutamente nada contra.

05) Entrega da Eletrobras
A empresa que controlar a eletrobras poderá controlar todo o Brasil alem de poder precarizar a entrega de energia sem pensar em criar novas fontes para o consumo. A energia brasileira deveria ser um setor estratégico.

06) Sucateamento das forças armadas
O Brasil não tem dinheiro suficiente para manter a vigilância das suas fronteiras em contrapartida tem 32 bilhões para salvar governos de investigações.

07) Reforma da previdência 
Até agora o governo não conseguiu explicar como a previdência está crise se ela obtêm verbas de outras áreas e ainda permite o governo pegar dinheiro dela para ajudar em outros setores. O governo precariza as leis trabalhistas que consequentemente vão colaborar para a não arrecadação previdenciária e ao mesmo tempo se diz empenhado em salvar a previdência.

08) O governo perdoando grandes dívidas
O governo mesmo preconizando o corte de gastos vem perdoando grandes dívidas de grandes empresários como se o país tivesse dinheiro sobrando.

09) Governo Temer transforma vaquejada em patrimônio nacional
O governo Temer sacramentou a lei que transforma vaquejada patrimônio nacional, para quem não sabe, nessas vaquejadas as vezes ocorre até casos onde os vaqueiros puxam o rabo do boi até ele sair, sem falar do estresse que é gerado no animal para divertir os outros.

10) A prisão do Almirante Othon
O almirante Othon é o idealizador do projeto do submarino atômico que vigiaria o litoral Brasileiro,  ele está preso. As grandes nações querem que o Brasil seja um fornecedor eterno commodities e produtos rurais, não poderemos ser um país industrializado nunca, qualquer cidadão que projete uma arma nuclear para o nosso país será morto ou acabará preso. Lembram do dr Eneas?

11) Petrobrás dando 10 bilhões sem reclamar
Estão vendendo por aí que a Petrobrás fez um bom negócio aceitando dar 10 bilhões à acionistas externos que se sentiram prejudicados por ela. Devemos lembrar que a bolsa de valores é um investimento de risco e que todo mundo que investe lá sabe muito bem disso. Se Petrobras aceita dar 10 bilhões antes mesmo de ser condenada, sem reclamar, aos acionistas não brasileiros que se acham prejudicados, será que os acionistas brasileiros que se jugarem prejudicados por empresas americanas de capital aberto poderiam aproveitar o precedente para pedirem 10 bilhões deles? Acionistas brasileiros que se desagradaram com o desempenho da AOL na bolsa poderiam por exemplo pedir valores via justiça à essa empresa sem ela se recusar a dar? O Brasil quando erra tem que pagar, quando os estrangeiros erram, se resolve entre eles…

12) Ministra do trabalho
Dizem as más-linguas que a nova ministra do trabalho teria sido condenada na antiga lei trabalhista a indenizar motorista que trabalhava 15 horas por dia para ela. No atual contexto brasileiro (2017-2018)  seria bem capaz o tal motorista que teria entrado na justiça, ser condenado a pagar indenização a ela, não acham?

13) Ideia de corrupção estatal única
Temos muitos defensores do entreguismo neo liberal pregando aos quatro ventos que é preciso se privatizar tudo a despeito de se combater a corrupção. Mas afinal, a corrupção dentro das empresas não existe?
Quem são as grandes responsáveis e interessadas em terem dívidas perdoadas com a previdência que vão lá comprar alguns políticos para aprovarem leis esdrúxulas favoráveis a elas? Quem é que destroe o meio ambiente por onde passa com a sua sanha insaciável por recursos naturais que lhe ofereça lucros astronômicos, é só o estado?

14) Um juiz julgar o que não teria competência para julgar e todo mundo aplaudindo.
O caso de Lula e o tal triplex do Guarujá foi parar na operação Lava-jato por supostamente a OAS ter obtido vantagens financeiras contratuais que pegavam dinheiro da Petrobras para beneficiar de forma ilícita ao ex presidente Lula. A Lava-jato é uma operação que trata desvios de conduta ligados à Petrobras. Porem na sentença do juiz que condenou Lula em Curitiba existe um texto assumindo que não há relação de ganho ilícito de Lula através da OAS e Patrobras, veja o texto do juiz:
Este juízo jamais afirmou na sentença ou em lugar algum que os valores obtidos pela construtora OAS nos contratos com a Petrobras foram usados para o pagamento de vantagem indevida para o ex presidente“.

Isso abre precedentes para qualquer juiz falar para condenar você por roubo e na sentença ele dizer:
esse juízo jamais afirmou que tal pessoa roubou, mesmo assim é melhor ele ser condenado por segurança.
Esse é o perigo que todos estão apoiando e que pode se virar contra todos nós.

A lei que proibiu Lula de ser ministro, foi usada uma única vez: apenas pra Lula.
A lei que considera crime pedalada fiscal só serviu pra Dilma e pra mais ninguém.
A lei que torna crime grampear presidente vale para todo presidente, só não valeu pra Dilma.

 

Por que querem condenar o Lula na minha opinião

1) Consagrar o fim de todos os direitos trabalhistas e a precarização do trabalho
2) Entregar a Petrobrás para as exploradoras de petróleo mundial
3) Favorecer a intensão de se acabar com a previdência social
4) Favorecer a entrega das terras brasileiras ao extrangeiro
5) Entregar os aquíferos brasileiros a grandes empresas de bebidas e doces
6) Transformar as nossas águas litorais em águas internacionais

 

15) Ministra do STJ jantando com empresários da Shell
É sabido hoje que o poder judiciário tem na mão, em 2018, o poder de poder impedir qualquer candidato que se oponha ao interesse das petroleiras pegar todo petróleo do pré-sal, então temos uma daquelas coincidências estranhas: A ministra do STJ em um jantar com várias pessoas, entre elas, representantes da Shell. Vale lembrar que poucos dias depois do golpe parlamentar que tivemos contra Dilma, curiosamente o presidente Temer também se encontrava com um representante da Shell


http://www.javanunes.com/discordia/o-estupro-do-brazil/