Algumas coisas insuportáveis no Brasil – Ilha de Java

Algumas coisas insuportáveis no Brasil

Tem umas coisas que sinceramente eu acho muito irritantes no Brasil e todo mundo acha normal. É que nem todas as pessoas e lugares que irei citar aqui essas coisas irritantes acontecem, mas eu preciso desabafar com vocês sobre essas coisas pois eu me sinto um perfeito alienígena no meio de algumas delas. Vejam aí a lista do que eu acho insuportável no Brasil.

01) Horários: seguir horário à risca para muitos brasileiros é coisa de gente virgem, carente e que ninguém gosta. Popular mesmo é marcar com os amigos e nunca ir ao que foi marcado ou deixar os outros esperando.
Uma pessoa que é pontual no Brasil é tida como chata e grudenta, anti-social.  Se um brasileiro comum marca com você ir a um local as 13:00, bom, se ele for, ele irá primeiro limpar a casa quando for 12:50, depois irá tomar um banho as 13:20, depois quando sair à rua irá lembrar que faltou comprar alimentos para sua casa e irá ao mercado, depois irá fazer um lanche, quando ele realmente sair à rua para ir ao encontro, ele irá encontrar um amigo que passava por eles , ficará conversando até as 15:00, irá encher a cara com esse amigo, você irá ligar para ele perguntando o que aconteceu e na cara dura ele irá dizer que já está chegando e que a culpa foi do ônibus que não passava. E o pior de tudo: todo mundo acha isso normal!
Por isso é muito comum um brasileiro dizer: Vai lá em casa tomar um café qualquer hora.  Ele sabe que o outro não vai mesmo, por isso convida.

02) Hipocrisia da caça à corrupção: Muitos brasileiros adoram apontar o dedo na cara dos políticos que acham ser corruptos ao mesmo tempo em usam Windows pirata em seus computadores, copiam CD e DVD de amigos, fazem gatonet, estacionam os seus carros em vagas especiais que não deveriam usar, armam confusão intensa quando são barrados ou proibidos de entrarem locais onde não são convidados. Ou seja, a corrupção minha e dos meus amigos não é corrupção é bobagem, a corrupção dos meus inimigos deve ser exemplarmente punida.

03) Inversão: No Brasil se eu coloco uma placa escrita “Proibido sentar no corredor!” é justamente nesse corredor que as pessoas irão preferir sentar, mesmo quando tiverem outros locais para se sentarem é no local proibido que terá mais graça sentar. E se você insistir em fazer esse pedido ser respeitado, irão brigar com você e ainda irão lhe rotular  de sistemático. No Brasil toda pessoa que não é doida e desordenada leva a etiqueta de pessoa “sistemática” num tom pejorativo, é lógico.

04) Barulho: No Brasil todo grande evento popular se comemora estourando bombas perigosíssimas , eles chamam essas bombas de rojões, algumas fazem a parede da sua casa tremer e geralmente são homens querendo provar a sua masculinidade que ficam estourando essas armas constantemente. Eles podem perder a mão com elas mas não ligam pois confiam no sistema de saúde gratuita que existe no Brasil.
Crianças, adolescentes, cachaceiros, rapazes, todo mundo reclama da crise financeira mas todo mundo tem dinheiro para montar verdadeiros arsenais de bombas que podem explodir todos os dias do ano sem nenhuma restrição prática. O brasileiro no geral gosta de impor os seus ruídos aos outros.
Certa vez eu vi o caso de uma brasileira que estava sendo multada em mais de 10 mil euros na Alemanha porque ficava fazendo barulho ao brigar com seu namorado no apartamento dela. Ela achou isso um absurdo.
No Brasil o seu vizinho pula feito um macaco na selva na laje em cima do seu apartamento, ao brigar com a mulher ou o marido jogam tudo pela janela, arrombam a porta na voadora as 4 da manhã e não acontece nada, todo mundo acha normal… E se você for reclamar, vai arranjar uma baita de uma briga!

05) Crianças: Muitas crianças no Brasil se comportam feito uma reação atômica imprevisível: muitas mãe soltam os filhos na rua enquanto esses rodopiam, correm desgovernados sem prestarem atenção em nada, atiram pedras nos outros, mijam em qualquer lugar , jogam bola sujas de fezes nos outros e aí quando se juntam parecem uma reação química em cadeia: explodem para todos os lados, enfrentam adultos, xingam, pisam nas fezes com os pés descalços ,correm depredando o que acharem pela frente , dão gritos estridentes capazes de ensurdecer e aí quando são repreendidas aí em questão de segundos os seus pais aparecem mas não para darem rasão a quem as repreendiam mas sim às crianças.  No Brasil é muito comum a criança sair por aí fedendo a urina , com nariz sujo , fazendo tudo de errado na rua e quando encontra um adulto para lhe chamar a atenção, os pais ao invés de recriminarem a criança louca, recriminam o adulto que foi desrespeitado por elas.

06) Ostentar imundice: No Brasil é muito comum , pessoas do sexo masculino escarrarem e cuspirem em todos os cantos para demonstrarem masculinidade ou desaprovação a alguma coisa. No Brasil o homem acha bonito cuspir na rua e as vezes até no corredor da casa onde mora, ninguém liga, acham normal.
Se por exemplo um homossexual olha um rapaz sem camisa vistoso passar na rua, o rapaz vistoso , em boa parte dos casos, irá cuspir com extrema voracidade no chão num sinal de convite à briga.
Muitos rapazes no Brasil adoram falar com riqueza de detalhes sobre o que eles fazem quando estão no banheiro defecando, até contam como as suas fezes saíram como se isso fosse um assunto interessante que mantivesse o grupo de amigos unidos para um evento qualquer. Outros gostam de dar detalhes de como os seus sapatos molhados na chuva ficaram cheirando 6 dias depois de uso intensivo sem lavar. Enfim, parece um ato iniciático de passagem entre os rapazes,  ficar ostentando a imundice que fazem. Isso felizmente não é tão comum entre mulheres e homens de classe social mais alta.

07) Calor: No Brasil todas as estações do ano têm 20% de suas características normais contra 80% de um calor vaporoso onipresente que faz qualquer um ter que usar 50 vezes um desodorante barato ou comprar desodorantes bem mais caros para combater os efeitos malditos do calor. Claro, as vezes pode fazer frio de verdade mas pra cada 10 dias frio, existem outros 90 de calor ardido infernal.
Para se ter ideia, para o brasileiro, 17 graus é considerado um frio de matar!

08) Natal: O Brasil por ser um país extremamente crédulo e religioso as pessoas vão comer comida até passarem mal na noite de natal, elas assistem especiaizinhos de dupla sertanejas na TV cantando de forma copiosa jingles natalinos irritantes, depois vão para a rua alcoolizadas desejarem feliz natal para qualquer desavisado estranho que passe na rua, é criança, bicho, gente estranha, ladrão, adolescente, fantasmas e todo tipo de entidade solta na rua desejando feliz natal umas 30.000 vezes com a finalidade de irritar mesmo.
Enquanto isso os machos ficam explodindo bombas com um poder grande de destruição nas ruas e todo mundo acha isso bonito.

09) Locais lotados: O brasileiro em sua maioria tem fetiche por locais super lotados, se você não gosta de um local lotado, logo será tachado de anti-social. Muitos brasileiros ao verem um elevador lotado eles correm e vão pra cima dele antes de fechar as portas como se aquele fosse o último elevador do mundo escapando de um ataque alienígena, e ainda por cima os que estão dentro ainda falam: Vem! Ainda cabe mais um!
Mesmo com a capacidade máxima do elevador sendo atingida, existe um frenesi em lotar mais ainda o elevador.  O mesmo se aplica aos ônibus.

10) Despolitização: Todo mundo reclama de corrupção na política mas boa parte da população ao invés de fiscalizar os seus políticos, preferem assistir reality shows, novelas e futebol 24 horas por , exceto quando se tem uma obrigação religiosa.

11) Ecologia: o brasileiro não tem tempo para pensar em ecologia. O seu lixo pode ser jogado em qualquer local que por “magia” ele some. Para o brasileiro típico os animais não setem dor e só servem para serem comidos ou para algum tipo de divertimento em cima do sofrimento do animal, principalmente no interior onde o consumo de carne é feito com animais abatidos das formais mais cruéis imagináveis, o a maioria dos brasileiros acham isso bom e se divertem com pesca, caça e outras formas de maltrato a animais. Nisso os brasileiros lembram um pouco os chineses.

12) Indecisão bonita: No Brasil ser objetivo é sinônimo de ser grosseiro, se você quer falar “sim”, a educação manda falar “não”, se você quer falar “não”, a educação manda falar “sim”, ou seja, o Brasil é a terra onde o não pode ser sim e o sim pode ser não ou sim pode ser sim e o não pode ser não, não existem regras fixas no Brasil. Então muita gente acaba sendo indeciso e fazendo rodeios para parecer educado.

13) Auto flagelação: O brasileiro em sua maioria é economicamente pobre ou miserável e mesmo assim ele é subserviente aos interesses dos ricos e famosos, ele recebe uma ordem mal educada de um sujeito mais abastado de forma sorridente e ainda agradece e se você for um pobre consciente disso e que acha que os pobres deveriam melhorar de vida, você é taxado de comunista.

14) Correria: O brasileiro em geral tem verdadeira ojeriza a organizar as coisas para que eles sigam um fluxo ordenado e calmo depois, para a maior parte dos brasileiros tudo deve ser feito a toque de caixa, de qualquer forma, na correria que mais pra frente ou quando ocorrer um problema ele vai dar um jeito de resolver. Brasileiro organizado é taxado de fresco ou bicha.

15) Machismo: boa parte dos homens do Brasil são machistas e as mulheres também, mesmo sem saber. A mulher brasileira reclama as vezes de machismo mas ao ter um filho, o cria para ser o comedor de mulheres, lota as suas bolsas de camisinha e faz o filho achar coisa de outro mundo um cara ser gay.
Já uma boa parte dos homens brasileiros traem as suas esposas de forma descarada e depois dizem que os homossexuais estão acabando com a família brasileira. O homem brasileiro é super sexistas, coloque em dúvida a sua honestidade mas não coloque em dúvida a sua masculinidade! Jamais!

16) Passa-tempo: o grande passa-tempo do brasileiro é fazer filho(sexo) quando não pode e assistir a TV para ter nela aquilo que ele já se acostumou a não ter na vida real mesmo.

17) Olhar: No Brasil dependendo da área onde você ande, as pessoas lhe encaram de forma irritante, elas ficam lhe medindo para saber se você deve ser atacado ou se você tem alguma coisa do interesse delas.

18) Adolescentes: No Brasil a grande maioria dos adolescentes querem , mesmo quando ricos ou de classe media, se comportarem como pequenos bandidos: falam gírias, preconizam o crime, adoram falar que odeiam a policia, os homossexuais e o tal do sistema, adoram sexo e valorizam os atos de um psicopata como falta de empatia, liderança e rispidez. A violência entre os adolescente é altamente incentivada para eles serem aceitos como os malvadões do grupo. Quando um adolescente brasileiro está prestes a brigar com outro, vários “amigos” chegam ao redor e começam a empurrar um contra o outro ao som de insistentes:
“–Porra meu, ele falou isso de você, vai deixar? Eu não deixava!”. As meninas e os gays costumam ser exceções nesse mundo que valoriza a psicopatia.


http://www.javanunes.com/libertadores/algumas-coisas-insuportaveis-no-brasil/