A “lei” do retorno funciona pra todo mundo menos pros animais ?

É muito comum no meio espiritualista se repetir que a lei do retorno é para todos, se você faz alguma coisa, aquilo retorna de forma inteligente para você para lhe dar algum tipo de lição.

Eu não preciso aqui deixar claro que eu acho essa hipótese moralista e simplista demais para o meu gosto, preciso?

Image for post

Agora e se isso fosse verdade, como ficariam os animais não humanos, afinal vemos tantos deles sofrendo em nossas mãos de forma incessante: cavalos, aves, bois, ratos, peixes e etc, o que teriam feito esses pobres bichos para nos merecer judiando deles aqui no planeta terra? Quando se monta em um cavalo, ninguém pergunta a si mesmo se também gostaria de ser montado à força por outro ser dominante,pergunta? Quando se pesca feliz ninguém se pergunta se gostaria de ter um prego enfiado na boca puxado enquanto outra espécie se diverte, não é?

Para tudo se dá a desculpa que o animal é irracional e que por isso pode-se fazer tudo a ele pois ele não sente nada mesmo.
Que absurda e nojenta essa ideia! O povo ainda diz que tudo o que os animais não humanos fazem é por mera obra do instinto, como se para lograr êxito nos requerimentos instintivos não se usasse o mínimo de lógica e inteligência: o animal que deseja comer, não procura devorar a lua, o sol ou uma pedra maior que ele, nem tão pouco corre para trás loucamente quando vê a sua presa à frente. Uma abelha consegue calcular onde tem que ir se comunicando com outras e usando o sol, como o instinto seria capaz de passar informações de localizações referenciais através do código genético de um inseto para ele conseguir um alimento, se o alimento, de geração em geração estará em locais diferentes de forma a impossibilitar a sua descoberta simplesmente por uma decoração instintiva passada pelo DNA? Como o cão ou outro animal domesticado qualquer grava no seu instinto a diferenciação entre o seu dono e estranhos se tudo que os animais fazem é apenas se guiar pelos instintos?
Por que o cão no momento de fúria consegue distinguir entre o dono e o estranho? Como alguns animais semi domesticados retornam ao ponto onde consideram como casa? O instinto agora grava as coordenadas?

Muitos ignorantes poderão dizer:
“ — ah, mas isso tudo é feito através de sugestão!”
Ora! O homem também não aprende assim? O princípio da inteligência não é justamente escapar do erro para evitar a dor ou conseguir algum tipo de recompensa prazerosa? O simples fato de um animal seguir uma sugestão já mostra que ele calcula, bem ou mal, alguma coisa para conseguir ou evitar outra. Alguém por exemplo conseguiria fazer sugestão à uma pedra?

Tanto o homem quanto os outros animais têm instintos e podem aprender por sugestões. Podemos dizer sim que os outros animais não controlam tão bem os seus instintos como nós os controlamos mas daí entre ser conduzido fortemente pelos instintos e ser irracional existe uma grande diferença. Um homem que se entrega ao sexo desenfreado fora do casamento e que pensa no próprio prazer sem ligar para a mágoa causada em outras pessoas, é uma pessoa que altamente controlada pelos instintos mas isso não o faz irracional, afinal ele precisa usar a mente para selecionar quem mais lhe excita e elaborar algum tipo de estratégia de aproximação para que a traição tenha êxito.

Um leão selvagem e conhecedor de determinada região acidentada não irá tentar com todo vigor dele pular com tudo de um precipício de 800 metros de altura para catar um servo que ele avista lá em baixo. Vou até mais longe e digo: alguns animais marinhos conseguem até transmitir cultura como é o caso das orcas.

A irracionalidade dos outros animais é um mito criado pelo homem para legitimar a sua crueldade com os outros habitantes do seu planeta e ao mesmo tempo serve para ele próprio aliviar a sua culpa de fazer outro animal sentir dor.

E olha que tem muito espírita por aí que é palestrante, que fala de forma muito bem articulada, usando terno e gravata dizendo que os outros animais não humanos são irracionais! Pasmem!

Pois é, se existe uma lei de retorno universal porque ela funciona pra tudo e abre uma baita de uma exceção para os animais? Isso não faz dessa teoria uma teoria elegante. Eu quando olho um animal não humano na minha cabeça me vem a ideia de um ser preso, cheio de potenciais e coisas boas mas anestesiado, prezo e confinado num corpo bobo, bom isso é um achismo meu que não está baseado em nada, apenas puro achismo, ok?

Referente à “lei”, essa é mais uma daquelas coisas que diz que sempre acontece mas que quando ninguém vê acontecendo, afirma-se que acontecerá em algum momento ou lugar onde você nunca estará lá para saber se aconteceu, ou seja, um coringa que serve pra tudo! Tipo: Hitler fez maldades mas não pagou nem um terço delas, certamente irá reencarnar numa situação deplorável! Bom, ok, a falseabilidade morre nessa teoria pois eu não tenho a possibilidade de ver Hitler sendo punido em outro lugar, sendo assim, eu não tenho como argumentar contra ou favor, apenas me resta acreditar ou não, afina não tem como se verificar e se não tem como se verificar ou prever algo, é uma teoria ruim.

Agora partindo para o mundo louco de devaneios da espiritualidade, tem muitas pessoas que dizem que quando se quase morre as pessoas enxergam em outro plano que na verdade elas fizeram algo que elas mesmas consideraram muito ruim e por culpa própria acabam pedindo para nascer em uma situação precária como aquela que ela causou a alguém para ver como que é… Mais uma vez, apenas hipótese, eu não vi, apenas me falaram!

Outra coisa também, se a vida for eterna como apregoam, qualquer ser que consiga ficar por aqui num raio de 20.000 anos estará exposto a qualquer sorte de acontecimento, teoricamente nesse tempo poderá lhe acontecer todo tipo de coisa, não por culpa do que fez aos outros apenas mas sim pelo longo tempo de exposição às adversidades, então não seria justo alguém com uma estadia tão longa e diversa na terra ser acusado de ter fracassado ou feito sucesso devido ao mal ou bem que ele tenha feito a alguém no passado. Penso eu que quem for viver tanto tempo assim em um local dinâmico como é a terra, terá bons e maus momentos, independente do que faça, eu posso estar errado? Posso sim! Mas também posso estar certo ou parcialmente certo e errado!

Diante de tudo isso, o que pensar sobre os maus tratos aos animais ?
Os homens se deliciam com a situação degradante deles, o Instagram não me deixa mentir, cada vez mais e mais, ao se abrir essa plataforma de fotos mesclada com rede social, vemos animais em situações ruins: cachorros de orelhas cortadas como se isso fosse bom, animais brigando entre si, animais matando outros incentivados por humanos, animais sendo devorados vivos por seres humanos mas o Instagram parece não achar isso ruim, não existe nem como se denunciar esse tipo de comportamento. Por que? Porque dá audiência e muita gente do público masculino aprecia e gosta!

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *