Se chamarem você de comunista, pode ser uma armadilha de Satanás !

Vem sendo usado nas redes sociais brasileiras uma estratégia norte-americana que os órgão de inteligência daquele país disseminam quando querem dividir uma população inteira para construírem uma imagem de mocinho, favoráveis aos interesses deles, é claro, e um bandido que antagonizaria todo a bondade do mocinho, essa estratégia se chama “macartismo”, usada originalmente para mobilizar as pessoas na guerra fria contra o eventual potencial inimigo da
União Soviética e tudo que fosse relacionado a ela.

Na época da guerra da primeira guerra fria, as agências de inteligência americanas precisavam usar conceitos de marketing viral para colocarem a sua população contra um inimigo, falar que a União Soviética era perigosa, isso era muito genético e não seria uma boa obra de marketing pois ninguém conseguiria tirar todo esse vasto país do planeta. Falar mal do líder da União Soviética também seria uma burrice pois outro o sucederia, era preciso eleger como inimigo alguma coisa que sempre estivesse ligado à União Soviética e que pudesse ser eliminado de uma vez por todas, escolheram então o socialismo.

A técnica consistia em deixar a má educação, a ignorância e a força bruta das pessoas reprimida e represada para se soltarem quando o assunto contivesse avacalhação ao socialismo.
Quando o socialismo entrasse no assunto, tudo seria permitido, as pessoas poderiam soltar o que é de pior nelas para atacá-lo, gerando um certo prazer em seus praticantes mais impulsivo pois tudo o que é oprimido, dá prazer em se soltar num determinado momento, no macartismo, avacalhar sem ao menos conhecer o socialismo está para ele como o carnaval está para o sexo: você se prende o ano inteiro pra no fim fazer o que é mais podre: mijar na rua, fazer sexo em locais públicos com quem bem entender como um bicho na selva, enfim, é a vasão dos instintos mais elementares do homem sendo usados para um único fim: criar o bonzinho e o monstro.

No macartismo, se você quiser chamar alguém que nem é socialista/comunista completamente mas que nutre admiração por alguns dos valores dessas políticas, é permitido.

Na época do macartismo nos Estados Unidos, você poderia fazer o que bem quiser com quem fosse simpatizante ao socialismo: poderia estuprar, bater, violentar na frente dos outros, tacar fogo, humilhar, jogar bosta nos cabelos, enfim, a lei proibia tudo isso mas a vasão instintiva dos impulsos animalescos eram permitida nesses casos.

Essa estratégia tinha como missão demonizar a União Soviética mas não eliminá-la de vez pois uma superpotência como os Estados Unidos precisavam uma desculpa qualquer para entrarem no território dos outros, obterem todos recursos necessários, impor relações comerciais favoráveis ao seu mercado e ter o direito de fabricar armamentos atômicos com supercomputadores que só eles podem usar livremente e para o consenso mundial permitir tudo isso é absolutamente necessário ter um motivo que é combater um monstro, um mal comum, naquela época o mal comum era o socialismo/comunismo, assim como na primeira década de 2000 foi o terrorismo que estranhamente “acabou” durante a pandemia… Os terroristas que não têm medo de colocarem bomba em seus corpos e se sacrificarem, teriam medo de contraírem o coronavírus e por isso pararam?

É importante lembrar que essa estratégia de jogar todo mundo contra todo mundo para enfraquecer colônias é antigo e já foi usado pela França e Portugal em territórios na África, a CIA só deu um toque de sofisticação e documentou como se fosse um manual de boas práticas ITIL para derrubar países. Também devemos salientar que a CIA e outras agências americanas, israelences e inglêsas podem usar essa técnica para criarem cortina de fumaça, distração para ocultação de problemas muito mais graves.

No Brasil entre 2015 e 2020 a técnica do macartismo foi usada como? Colocando-se influenciadores digitais, religiosos , ONGs canais de TV e outras mídias para desmerecer o socialismo/comunismo com qualquer argumento grotesco e cômico para ganhar a simpatia das grandes massas gozadoras que se divertem da zombaria enquanto servem de massa de manobra para outros fins. Pensamentos estranhos e desprovidos de refinamento como “o socialismo matou 100 milhões de pessoas”, “o comunismo quer deixar a nossa bandeira igual a do Japão”, “o comunismo criou Mussoline” são a norma para colocarem a população hipnotizada e distraída, igual aquelas músicas monossilábicas que não dizem absolutamente nada mas que o ritmo é extramente envolvente e contagioso, é exatamente assim que tem que ser.

Do outro lado existem os influenciadores digitais, participantes de redes sociais e pessoas desavisadas, muitas vezes, se auto denominando como sendo de “esquerda” que revidam prontamente, em boa parte das vezes com boas intenções, o outro lado que sai falando qualquer coisa errada sobre o socialismo/comunismo, o problema é que quando você revida, acaba gerando comoção popular naqueles que apoiam o outro lado.

Essa estratégia usada em países atrasados e religiosos tende a favorecer o lado mais conservador.
Se algum macartista entra ,por exemplo, no Twitter afirmando que o comunismo prega o satanismo e a homossexualidade nas crianças, logo virá algum cidadão dito de “esquerda” para calar a boca desse cidadão fazendo exatamente o que as agências de inteligência querem: você vai lá, rivaliza com o cidadão que disse que comunismo é coisa de satanás, fazendo passeata na rua com pessoas vestidas de demônios, dando motivo para a grande massa conservadora e religiosa do país achar aquilo uma afronta e apoiar ainda mais, justamente aquele cidadão que lhe provocou dizendo que comunismo é demoníaco.

O que eu disse acima demandará muita briga entre as partes influenciadas pelas agências de inteligencia anglo sionistas e num país conservador, mais pontos ganhará aquele que souber jogar o oponente contra os princípios conservadores adormecidos na sociedade, fala-se que o socialismo é do demônio para justamente você que defende o socialismo, se pinte de demônio para afrontar o outro e com isso o outro fala: “Tá vendo? Eu não disse?”.

Com isso, as agências de inteligencias norte americanas tiveram uma grande sacada: usar esse conflito todo entre as duas partes para fabricar o caos e consequentemente a imagem de alguém que pudesse acabar com toda essa bagunça, o que é muito bem-visto por conservadores, como o brasileiro tem uma cede enorme de ver o circo pegar fogo devido a tantos problemas que sofre, fica o ambiente perfeito para se eleger quem simbolize, mesmo que falsamente, os “bons costumes” e ao mesmo tempo represente a pirraça que o país tanto gosta, ou seja, não é o certinho que vai ganhar mas sim o erradinho que afagou os interesses conservadores.

E mais para o que serve essa briga do macartismo vs progressistas no Brasil?
Isso tem muita utilidade, primeiro para dividir o país literalmente em pequenos países, o Brasil é um território muito grande e devido ao seu tamanho pode ter uma influência contrária ao império norte americano. Para a CIA, é ótimo que o sul brasileiro fique com ódio do nordeste por votar no PT e tente criar o seu próprio país(O sul é o meu país) e aí o nordeste pra fazer pirraça faz o mesmo, depois os índios e depois a amazônia, sobrando um punhado de terras pequenas e mansas ao poderio americano assim como é a Europa. Os americanos não querem grandes blocos unidos, nem mesmo a europa escapa disso, veja o Brexit.

Além disso, a briga que se consegue gerar entre aqueles que defendem o “perigo” do comunismo e aqueles que sabem que isso é uma grande besteira, têm mil e uma utilidades como cortina de fumaça: enquanto se discute os “perigos” do comunismo fazer todas as crianças virarem homossexuais e acabarem no inferno, muitas igrejas evangélicas usam as suas igrejas associadas ao tráfico de drogas e ao crime organizado para lavarem o seu dinheiro; Agências de inteligencia favorecem cartéis de droga para obterem lucro extra com o consentimento inclusive dos seus governantes, juízes e outras autoridades envolvidas em escândalos sexuais e assassinatos passam-se por conservadores ou anticomunistas para surfarem na onda autoritária populista para com isso passarem impunes pelos crimes que cometam. Além disso, uma nação totalmente dividida e brigando entre si, vende as suas riquezas minerais a preço de banana, afinal, num local onde ninguém se entende, vale mais pensar em si e na sua subexistência vendendo tudo baratinho e trabalhando em troca um lanche do que vender as coisas por um preço justo, se você fazer isso, como não tem comando e unidade social, outro do seu lado faz mais barato e você morre de fome.

É mesma técnica empregada na hipnose de palco: o hipnotizador lhe dá vários comandos cheios de detalhes secundários e aparentemente sem sentido em tom de autoridade para você obedecer, nisso o lado crítico do seu cérebro é desarmado pois está atarefado tentando entender coisas idiotas, de repente o hipnotizador grita de forma autoritária lhe dando um comando: “Dorme!!!”
Você não resiste e acaba dormindo mesmo.

Então, quando você ver um doido em sua frente que não sabe que foi manipulado pela CIA, lhe chamando de comunista, não perca a linha pois é disso que ele precisa para ocultar algo pior ou crescer em cima de você, refute-o com argumentação didática sem esperar muita coisa ou então cague e ande pra ele, afinal você querer ser o bonzinho, antagonista e ético para combater quem é sacana, só lhe faz mais idiota, ou você o combate por meios sujos e baixos também ou a melhor coisa é deixar o circo pegar fogo com eles dentro e ir tomar um sorvete.

Não seja massa de manobra de agências de inteligência, ONGs, igrejas e TVs ganham o seu dinheiro da forma mais suja que você pode imaginar: quando você ver uma massa qualquer se movimentando de uma forma muito perfeitinha, com recursos e forte, desconfie! Pergunte quem ganha? Quem está por trás?

Ah, outra coisa, esse povo que se autodenomina de direita ou de esquerda, nem eles mesmos sabem que estão sendo manipulados, você pode achar que a direita no Brasil comanda algo quando na verdade ela é comandada com chantagens violentas do exterior. Cada um se defende como pode.

O inimigo sofisticado faz você acreditar que o inimigo real é quem discorda de você, quando ele mesmo se esconde para você não atacá-lo.

Cuidado! Cuidado! Como diz o outro: É uma armadilha de Satanás: você que está fazendo uma coisa mas está servido pra fazer outra!

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *